Jennifer Aniston respondeu a diversas perguntas durante o 46º Festival de Cinema de Giffoni, na Itália, mas uma, em especial, marcou a atriz. Uma fã jovem perguntou à atriz: “Você já acordou de manhã sem saber direito quem é você?”. Jennifer não segurou as lágrimas ao responder.

– Sim, isso já aconteceu – ela contou na terça-feira (26). – Não há dedos suficientes nesta sala inteira para contar quantas vezes isso aconteceu comigo.

A atriz, que há poucos dias desabafou sobre as pressões sobre seu corpo e suas atitudes, continuou dizendo que todos os seres humanos duvidam de si mesmos e de suas capacidades independentemente da profissão:

– Somos todos seres humanos no fim do dia, seja você uma garçonete, um padeiro ou um estudante. Não importa quem você seja, no final do dia você acaba se deparando com alguns muros e chegando às conclusões: “isso é demais para mim”, “meu coração não aguenta” ou “isso é muito doloroso” ou “eu sou boa o bastante?”, “eu vou sobreviver?” – disse a atriz. – A única solução possível é superar isso. Apenas diga “sim, eu consigo”, “sim, você pode”.

, Jennifer Aniston voltou a abordar o tema e não conseguiu conter a emoção. Quando um admirador lhe perguntou se alguma vez já tinha tido dúvidas acerca da sua verdadeira personalidade, tendo em conta toda a informação falsa que é veiculada na comunicação social acerca da sua vida privada, Jennifer respondeu em lágrimas: “Não há dedos suficientes nas mãos e nos pés em toda esta sala para contar as vezes que isso me aconteceu”. “Somos todos seres humanos no final de contas, quer sejamos empregadas de mesa, padeiros, estudantes ou o que quer que seja. No final do dia todos podemos sentir que temos um muro na frente e que não conseguimos avançar. Ou que o que estamos a viver é simplesmente demasiado para nós, que a dor é demasiado grande ou que não somos suficientemente bons. Questionamos até se conseguiremos sobreviver. E é aí que temos de dar a volta por cima, muitas vezes nem sabemos como conseguimos. Simplesmente avançamos, pensamos que não conseguimos, até que finalmente percebemos que somos mais fortes”, adiantou.
Recorde-se que o momento mais difícil da vida pessoal de Jennifer Aniston foi quando o seu casamento com Brad Pitt chegou ao fim. O ator apaixonou-se por Angelina Jolie durante as gravações do filme Mr. e Mrs. Smith, em 2005, e o divórcio foi inevitável. Entretanto, a atriz, de 47 anos, viveu romances com o ator Vince Vaughn e o músico John Mayer, mas foi ao lado de Justin Theroux, com quem se casou no verão passado, que conseguiu construir uma relação amorosa estável.